Equipe do Teleinterconsulta se reúne para discutirem os resultados alcançados.

Recebemos hoje a equipe de monitoramento do sistema de teleinterconsulta, plataforma desenvolvida entre a parceria do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN), a Secretaria Municipal de Saúde de Campo/MS (SESAU) e o Territórios Integradas de Atenção à Saúde (TEIAS), nesta reunião pode-se discutir a plataforma e seus desdobramentos ao longo do tempo e as possíveis melhorias que poderiam ser implementadas no sistema. Atualmente a Teleinterconsulta disponibiliza atendimentos de Cardiologia, Gastroenterologia, Infectologia, Nefrologia e Psiquiatria e já foram ofertadas até o momento mais de 500 consultas conforme o gráfico nos mostra abaixo:

Fonte: Teleinterconsulta

Com isso, a resolutividade da Atenção Básica, onde o Teleintersoculta foi implementado consegue alcançar ate 80% de resolutividade, isso significa que o usuário do sistema público de saúde da atenção primária consegue resolver sua condicionante de saúde em uma unidade próxima à sua casa, evitando o seu deslocamento para hospitais especializados, que ficam longe da sua residência.

A reunião teve a presença do Daniel Saito, Nádia Maria Capistrano de Almeida, Núria Amanda e Dinaci Ranzi.

Compartilhar publicação

Outras Publicações