Autor: Francielly Rosiani da Silva

Título: Método problematizador para capacitação de agente comunitário de saúde no enfrentamento da tuberculose.

DA SILVA, Francielly Rosiani. Método problematizador para capacitação de agente comunitário de saúde no enfrentamento da tuberculose. 2022. 23 p. Trabalho de Conclusão de Residência – Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família SESAU/FIOCRUZ. Campo Grande/MS, 2022.

O presente Trabalho de Conclusão de Residência, objetiva discutir a metodologia problematizadora como ferramenta de capacitação em serviço, apresetado por meio de um relato de experiência vivenciado junto aos ACS, com base em uma metodologia problematizadora de ensino, alicerçada a partir do Arco de Charles Maguerez, descrevendo as fases de aplicação da metodologia e relevância da aplicação da mesma em cursos de capacitação em educação continuada para agentes comunitários de saúde (ACS). Como resultados, observamos propriedade nas colocações feitas pelos agentes comunitários de saúde ao falar das suas atribuições frente ao manejo da tuberculose, aspectos específicos do tratamento e acompanhamento dos casos de TB. Por certo, a Metodologia ativa de ensino com foco na problematização permitiu que a capacitação em serviço, estimula-se o protagonismo do trabalhador no processo de ensino-aprendizagem, onde possibilitou ampliar os conhecimentos e contribuir para o desenvolvimento de novas habilidades, transformando a sua realidade, com novos conhecimentos adquiridos. Dessa forma, sugere-se que o treinamento em serviço seja realizada incorporando metodologias problematizadoras, com foco na realidade local, afim de contribuir o protagonismo bem como um olhar para sua realidade em território.

Palavras-chave: Metodologia ativa. Trabalhador de Saúde. Problematização.